Acadêmicos de Direito participam de Evento de Pesquisa

Os acadêmicos do curso de Direito Iziane Luiza Bertotti, Julia Mazzonetto, Julio Arthur Telles e Larissa Favareto Dos Santos, do curso de Direito representaram a URI/FW no Salão do conhecimento - XXVI Seminário de Iniciação Científica realizado no dia 03, na UNIJUI, em Ijuí.


O evento tem na programação seminários, palestras, painéis temáticos, mostras e oficinas. Os alunos da URI/FW apresentaram os trabalhos na área das Ciências Sociais Aplicadas e puderam expor as pesquisas na modalidade de pôster, na companhia do professor Fernando Battisti.


A acadêmica Iziane Luiza Bertotti, do 6º semestre, apresentou o trabalho intitulado “Therapeutic jurisprudence: uma forma de materialização da ética na esfera jurisdicional”. Sob essa perspectiva a estudante buscou ampliar as discussões sobre a Therapeutic Jurisprudence, visto que é uma prática que está sendo desenvolvida no Brasil. O estudo da temática é importante na sociedade contemporânea, tendo em vista a necessidade de buscar práticas humanizadoras de solução de conflitos.

 

O projeto em questão é coordenado pelo Me. Fernando Battisti e integra o programa institucional de iniciação científica da Universidade.


A acadêmica Julia Mazzonetto, do 6º semestre do Curso de Direito, apresentou o trabalho intitulado "A Ética do Cuidado e a Pedagogia da Complexidade na busca por uma Prática Educacional Humanizadora", resultante do projeto de pesquisa realizado com a orientação do Professor Me. Fernando Battisti, do Departamento de Ciências Humanas da URI/FW.


A pesquisadora busca por meio deste estudo suscitar a importância da reflexão das implicações educacionais e da aplicação da Teoria da Complexidade e da questão ética pelo viés do cuidado para a formação do ser através de uma prática educacional de qualidade, visando construir uma sociedade mais crítica, coerente, ética e humanizada.


O acadêmico Julio Arthur Telles, do 8º semestre, apresentou o trabalho com a temática da função socioambiental da propriedade em relação ao direito de propriedade. Sob o título de “Função socioambiental da propriedade: apontamentos legais da proteção ambiental no direito brasileiro”, a pesquisa busca tratar a relação de direito entre proprietário e propriedade, bem como o abordar o dever social de preservação da propriedade de forma ecologicamente correta.


O projeto em questão é coordenado pelo Prof. Me. Thiago Luiz Rigon de Araujo, do curso de Direito campus de Frederico Westphalen.


Já a acadêmica do 6º semestre de direito, Larissa Favareto dos Santos, apresentou a pesquisa:   “Novo Marco da Biodiversidade: A Inovação de Propriedade Genética”, oriundo de seu segundo projeto como bolsista de iniciação científica. Conta como orientador o prof. Mestre Thiago Luiz Rigon de Araújo, que a orientou no seu primeiro projeto, também voltado a contratos internacionais e meio ambiente.


A pesquisa apresentada em questão, trata sobre a influência de acordos internacionais que tutelam a propriedade intelectual e patentes em contraponto com a preservação do patrimônio genético e cultural brasileiro, com ênfase na legislação brasileira acerca do tema.
   
 

Segunda, 08 de Outubro de 2018
Notícia Impressa - 13/12/2018 22:25