Programa Aprendiz Legal prepara estudantes para o mercado de trabalho

A URI, além de ser referência na região na formação acadêmica, é também uma das empresas mais desejadas para se trabalhar, pois oportuniza a profissionais de diversas áreas a possibilidade de atuar em diferentes processos e compartilhar conhecimentos com especialistas renomados. A Universidade há muitos anos selou parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE e oportuniza a concretização e idealização de trabalhos por meio de estágios e aprendizagens, transformando a vida de muitos jovens com conhecimento.


O CIEE é uma instituição filantrópica com mais de 50 anos de existência. Mantida pelo empresariado nacional, de assistência social, sem finalidades lucrativas, que trabalha em prol da juventude estudantil brasileira, em nível médio, técnico e superior.


A parceira entre as instituições disponibiliza atualmente nove vagas para o programa de jovem aprendiz na Universidade e contribui ativamente na preparação e formação dos jovens para o mercado de trabalho.


É o caso da Bruna Luisa Basso, de 18 anos, acadêmica do curso de Direito na URI/FW, secretária do setor de Comunicação e Marketing, que faz parte do grupo de Jovens Aprendizes do Programa Aprendiz Legal na Instituição. Para ela, esta oportunidade iniciada recentemente será um divisor de águas em sua carreira.


Toda essa bagagem que eu vou conseguir nesses 2 anos de contrato vai agregar muito tanto na vida pessoal como profissionalmente”, destaca a acadêmica.


Outro exemplo é o de João Vitor de Marco, de 20 anos. O acadêmico do curso de Ciências Contábeis atua como aprendiz na Biblioteca Central do Câmpus e é responsável por cuidar dos livros, manter as estantes organizadas, atualizar os débitos e fazer o atendimento no setor. Ele conta o primeiro contato com a URI foi através do programa Aprendiz Legal.


 “Está sendo uma ótima experiência, os conhecimentos passados são desde a parte comunicativa até como se portar dentro de uma empresa” afirma João.


A instrutora de aprendizagem do CIEE, Deise Roberta Veroneze, responsável pelo setor em Frederico Westphalen desde 2011, explica como ocorre o processo com os jovens aprendizes e destaca que mais de 220 estudantes da cidade e da região já passaram pelo programa.

"O jovem realiza o cadastro no CIEE, seu currículo é encaminhado para as vagas. Quando ele é contratado, inicialmente são realizados 20 encontros de aula teórica. Após esse período, o aprendiz vai para a empresa, onde permanece 16 horas semanais e 4 horas semanais na entidade formadora pelo período de dois anos" explica Deise.



 



305 Visualizações
Comentários: (
)

Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes através do formulário de contato.



Av. Assis Brasil, 709 - Bairro Itapagé
Frederico Westphalen RS
CEP 98400-000

Fone: 55 3744 9200
Reitoria | Erechim | Santiago | Santo Ângelo | Cerro Largo | Sao Luiz Gonzaga
URI Campus de Frederico Westphalen © 2017. | VirtualBit