HOJE: Exportação será tema do V Fórum Itinerante do Leite

Os caminhos para a exportação serão debatidos no 5º Fórum Itinerante do Leite, no dia 21 de novembro de 2017, em Frederico Westphalen, na região noroeste do Rio Grande do Sul. A proposta é avaliar as barreiras que precisam ser vencidas para uma efetiva inserção do Brasil no mercado mundial de lácteos. O encontro terá transmissão ao vivo pelo Canal Rural das 9h às 12h, diretamente do Salão de Atos da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) – Câmpus de Frederico Westphalen.

 

O fórum ao vivo será apresentado pelo jornalista Márcio Fernandes e dividido em dois painéis, com a participação de especialistas, empresários, autoridades e líderes do setor. A primeira parte enfocará o mercado externo de lácteos e as políticas públicas. O pesquisador João Cesar de Resende, da Embrapa Gado de Leite, apresentará dados de produtividade e de custos comparativos dessa atividade no Brasil e nos principais países produtores e exportadores. A visão governamental ficará a cargo dos secretários adjuntos da Agricultura de dois Estados: André Petry,do Rio Grande do Sul, e Airton Spies, de Santa Catarina. Depois, dirigentes de entidades representativas do setor avaliarão os desafios dessa cadeia para que os produtos lácteos do Brasil tenham maior competitividade no mercado mundial.
 

A programação prossegue à tarde com oficinas técnicas, reunindo produtores rurais, empresários, especialistas, professores e estudantes. Ao se inscrever, cada  participante deve optar por uma das três oficinas, com enfoques em gestão e sucessão na produção de leite, nutrição animal e caminhos para a exportação.
 

Os painelistas responderão perguntas do público presente no Salão de Atos e dos que assistirem pelo Canal Rural (TV e internet) ) e pelo YouTube (www.youtube.com/canalruralbr).

 

A iniciativa é do Canal Rural, do  Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Estado do Rio Grande do Sul  (Fundesa), do Sindicato das Indústrias de Laticínios do RS (Sindilat-RS), do Sistema Farsul – Federação da Agricultura do Estado (Farsul), da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-RS), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – governo federal e da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS) – governo do Rio Grande do Sul.
 

O fórum tem apoio técnico da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) – Frederico Westphalen e da Empresa Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RS). O apoio institucional é da Associação Gaúcha de Laticinistas e Laticínios (AGL), da Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do RS (Apil), da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen (Cotrifred), da Cooperativa de Energia e Desenvolvimento do Médio Uruguai (Creluz),  da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), da Organização das Cooperativas do Estado do RS (Sistema Ocergs-Sescoop), da Prefeitura de Frederico Westphalen, do Instituto de Tecnologia Senai e do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi).

 

A programação faz parte de uma série de eventos, iniciada em 2016, para debater os desafios da cadeia do leite por entidades do setor, em parceria com universidades e entidades regionais. Neste último trimestre, a comunidade de Frederico Westphalen e entidades da cadeia gaúcha do leite elegeram o mercado externo como tema para encerrar os debates itinerantes em um ano pontuado por grandes polêmicas sobre os impactos das importações de lácteos. 

 

AGENDA

8h – Credenciamento e welcome milk
 

8h30min – Boas-vindas (fora do ar)
 

9h – Painel: Mercado externo de lácteos e políticas públicas (ao vivo)
 

João Cesar de Resende, pesquisador da Embrapa Gado de Leite
 

André Petry, secretário adjunto da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul
 

Airton Spies, secretário adjunto da Agricultura e Pesca de Santa Catarina
 

Márcio Langer, assessor de Política Agrícola da Fetag-RS
 

Alexandre Guerra, presidente do Sindilat-RS
 

10h45min – Painel: Desafios para indústrias e produtores (ao vivo)
 

Jaime Eduardo Ries, assistente técnico da Emater-RS
 

Herton Lima, supervisor do Senar-RS
 

Elio Pacheco, presidente da Cotrifred
 

Wlademir Dall’Bosco, presidente da Apil
 

Darlan Palharini, secretário-executivo do Sindilat-RS
 

12h – Encerramento da transmissão ao vivo
 

12h15min – Almoço

14h – Oficinas técnicas *


1  – Gestão e sucessão na produção de leite

Local: Salão de Atos da URI – 700 vagas

Coordenação da oficina: Valdir Sangaletti, engenheiro agrônomo, assistente técnico regional de Sistema de Produção animal – Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, RS.
 

14h – Abertura

14h05min – 1º painel: Planejamento forrageiro – Fábio Eduardo Schlick, zootecnista, mestre e doutor em Zootecnia - ATR de Sistemas de Produção Animal, Escritório Regional da Emater de Bagé. (Exemplo prático de planejamento – projeto SisLeite da Emater).
 

14h35min – 2º painel: Manejo de plantas forrageiras –  Leandro Bittencourt de Oliveira, professor doutor – URI de Frederico Westphalen, RS (Exemplo prático de manejo – aluno do curso de Tecnólogo em Agropecuária da URI)
 

15h05min – Programa de gestão sustentável da agricultura familiar – Valdir Sangaletti, engenheiro agrônomo – ATR de SPA e Gestão Rural do Escritório Regional da Emater de Frederico Westphalen, RS.
 

15h20min – Case de sucesso no PGS – O trabalho da família Castelli de Iraí,RS - Equipe da Emater de Iraí e família Castelli.
 

15h45min – Case de sucesso na gestão da atividade leiteira – O trabalho da família Cansian – Taquaruçu do Sul – Família Cansian e  URI.
 

16h05min – Debate – perguntas aos painelistas, por escrito.

 

2 – Nutrição da vaca leiteira: Saúde do Animal e qualidade do leite 

Local: Auditório da URI – 125 vagas

Coordenação da oficina: Sandro Paixão, zootecnista Sandro José Paixão – Dr. em Produção e nutrição animal e professor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Câmpus de Frederico Westphalen, RS.

 

14h05min – 1° painel: Alimentação no pré parto: reflexo na produção, sanidade e na qualidade do leite - Abílio Galvão Trindade Ferreira, médico veterinário, mestre em Produção Animal, consultor na área de nutrição e reprodução animal pela empresa NUTRE Saúde e Produção Animal, instrutor do Senar-PR.
 

14h55min – 2º painel: Técnicas de controle e medidas preventivas da mastite bovina -  Thiago Caetano Schmidt Cantarelli - Médico veterinário, pós-graduação em Clínica e Técnica Cirúrgica Veterinária, médico veterinário da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen e professor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (Câmpus de Frederico Westphalen)
 

15h05min – 3° painel: Importância do controle de qualidade do leite na produção de derivados - Rosselei Caiél da Silva, professora doutora da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (Campus de Frederico Westphalen)
 

16h05min – Debate – perguntas aos painelistas, por escrito.

 

3  – Caminhos para a exportação

Local: Sala de aula da URI – 50 vagas

Coordenação da oficina: Darlan Palharini, secretário-executivo do Sindilat-RS
 

14h – Abertura 
 

14h15min – Competitividade e os ajustes para a inserção do Brasil no mercado mundial de lácteos - João Cesar de Resende, pesquisador da Embrapa Gado de Leite
 

Debate – perguntas  por escrito.

 

16h30min – Encerramento da programação



INSCRIÇÕES


Inscreva-se gratuitamente AQUI.

Segunda, 20 de Novembro de 2017


387 Visualizações
Comentários: (
)

Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes através do formulário de contato.



Av. Assis Brasil, 709 - Bairro Itapagé
Frederico Westphalen RS
CEP 98400-000

Fone: 55 3744 9200
Reitoria | Erechim | Santiago | Santo Ângelo | Cerro Largo | Sao Luiz Gonzaga
URI Campus de Frederico Westphalen © 2017. | VirtualBit