Metodologias , Instrumentos e Procedimentos de Pesquisa

A II Oficina do Programa de Formação de Jovens Pesquisadores, promovida pelo Comitê Institucional de Avaliação de Projetos de Pesquisa - CIAP, foi realizada no dia 29 de junho.
 

O encontro teve como tema: "Tipos, procedimentos e instrumentos de pesquisa", e teve a palestra ministrada pelo professor Doutor Martin Kunh - Doutor em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ e Universidad Autónoma de Madrid (UAM), Espanha.
 

Ele também é Pós-Doutor em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, Professor do Programa de Pós-Graduação – Mestrado em Educação da  URI, no Câmpus de Frederico Westphalen.


Sobre a importância do evento, o professor Martin cita que "só quem conhece o já produzido tem condições de perguntar pelo desconhecido e de formular perguntas científicas relevantes sob o ponto de vista social e científico” (PAVIANI, 2013, p. 89).

 

"Foi com esse intuito que foi organizada a fala para os acadêmicos que estão vinculados a atividade de iniciação a pesquisa em nossa instituição.  Conhecer os caminhos que o pensamento percorre para produzir conhecimento é o que denominamos de metodologia. Usualmente, o termo metodologia remete ao tipo de pesquisa desenvolvida ou a ser desenvolvida. Pesquisa bibliográfica, documental, experimental, ensaio clínico, estudo de caso, etnográfica, pesquisa ação, pesquisa participante, são exemplos, entre outras possíveis metodologias", afirma Martin.



O professor ressalta ainda que "para além da definição metodológica a escolha das técnicas e dos instrumentos de pesquisa é fundamental para sua qualidade. Assim, à dimensão técnica e instrumental da pesquisa remete as técnicas e instrumentos utilizados para a produção de dados para posterior análise, interpretação e compreensão. São técnicas e instrumentos usuais na pesquisa as entrevistas (estruturadas, não-estruturadas e semi-estruturadas), os questionários (abertos e fechados), os formulários, grupos focais, entre outros".


Martin explica ainda que "produzidos os dados, esses requerem procedimentos adequados para sua análise, interpretação e compreensão. Na dimensão procedimental elaboram-se as descrições, as análises, as explicações, as interpretações dos dados produzidos pelos instrumentos. Há diferentes procedimentos de análise, interpretação e compreensão dos dados. São usuais a análise textual discursiva, a análise de conteúdo, a triangulação, entre outras".


Para o professor "iniciar os acadêmicos na prática da pesquisa é estreitar seus laços com a produção do conhecimento. Para além do ensino e da oferta do já conhecido, figura entre as tarefas da universidade a produção do conhecimento. A iniciação à pesquisa tem essa finalidade.


 



114 Visualizações
Comentários: (
)

Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes através do formulário de contato.



Av. Assis Brasil, 709 - Bairro Itapagé
Frederico Westphalen RS
CEP 98400-000

Fone: 55 3744 9200
Reitoria | Erechim | Santiago | Santo Ângelo | Cerro Largo | Sao Luiz Gonzaga
URI Campus de Frederico Westphalen © 2018. | VirtualBit