URI/FW e Secretaria de Educação e Cultura promovem Conferência Intermunicipal de Educação
Evento contou com a participação de representantes de 39 municípios parceiros e mais de dois mil inscritos

A URI, Câmpus de Frederico Westphalen, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, promoveu a Conferência Intermunicipal de Educação, uma das atividades preparatórias para a IV Conferência Nacional de Educação (Conae 2022). O evento aconteceu nos dias 21, 22 e 23 de setembro, no formato on-line, e também contou com apoio das Secretarias Municipais de Educação da região da Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop).

 

Durante os três dias de programação, houve uma média de participação de 1,6 mil, dos dois mil inscritos na conferência. Na oportunidade, os participantes de 39 municípios parceiros fizeram uma avaliação do Plano Nacional de Educação para construção de um novo, assim como para a reconstrução dos Planos Municipais de Educação.

 

Segundo a diretora geral da URI/FW, Silvia Regina Canan, o resultado mais importante da conferência foi a possibilidade de os municípios que participaram enxergarem suas realidades e perceberem que todos vivem dificuldades, mas também alcançam grandes avanços nesse momento da história. “Neste período em que todos tiveram que se reinventar em virtude da pandemia, em que precisaram mudar sua metodologia e sua forma de ensinar, e também em que fragilidades se mostraram de forma mais acentuada pela dificuldade de acesso às tecnologias, tanto por professores quanto por alunos, as principais conclusões da conferência foram que uma das metas mais difíceis a ser concluída pelo Plano Nacional de Educação é a Meta 5, da alfabetização”, explica.

 

Para os participantes da Conferência Intermunicipal de Educação, o longo período que as crianças passaram distantes da escola causou dificuldades no desenvolvimento da leitura, escrita e oralidade. Além disso, a formação de docentes também precisa ser constantemente retomada em questão, tanto do conhecimento quanto das novas tecnologias. Também há grande preocupação dos professores, coordenadores, diretores de escola e secretários de Educação sobre a humanização do ensino e o acolhimento ao estudante que ficou por tanto tempo fora da instituição de ensino.

 

- A grande lição é que temos muito a fazer juntos em termos de formação continuada de professores. Também, precisamos olhar para esse estabelecimento de ensino que se reinventou e fez um papel fundamental nesse processo e, com isso, nos fortalecermos como educadores para podermos desenvolver as metas do Plano Nacional de Educação, que é o grande norteador das políticas de educação do país - complementa Silvia.

 

A secretária de educação de Frederico Westphalen, Rosane Loose, lembra que o evento foi muito significativo e contribuiu, mesmo em um cenário atípico, para a reflexão acerca da educação que temos e a que queremos. “Foi feita uma proposição  de políticas  educacionais públicas de extrema relevância para atingir a qualidade, a equidade e a inclusão. As propostas, em nível intermunicipal, serão propositivas para as conferências estadual e nacional para, posteriormente, postularem o Plano Nacional da década 2024-2034. Um desafio que a democracia nos possibilita, salvaguardando os direitos e deveres”, frisa.

 

Segundo a secretária, no que se refere à educação, é importante destacar que todas as políticas  públicas sejam em prol da garantia da aprendizagem, bem como da valorização  profissional e da integralidade do desenvolvimento humanístico, em favor de uma sociedade mais justa e menos excludente. “As estratégias e metas foram pensadas pela coletividade, em diferentes espaços geográficos, segmentos com direcionamento fiel ao princípio da consolidação  do direito à educação”, explica sobre os debates abordados na conferência.

 

O evento contou com a participação de educadores de 39 cidades e das mais diversas áreas. A professora da URI/FW, Maria Cristina Gubiani Aita, comenta que a Conferência Intermunicipal de Educação foi um importante espaço democrático para que todos pudessem discutir e avaliar a educação nacional e pensar políticas públicas. “A partir da temática Inclusão, Equidade e Qualidade, os municípios vivenciaram três dias de um movimento coletivo e participativo de diálogo online, norteado por três eixos. Parabenizamos a URI e a  Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Frederico Westphalen, bem como os demais municípios pela mobilização neste evento que visa a garantia da educação e de sua oferta com qualidade a todos os cidadãos”, acrescenta.

 

Fonte: .
Sexta, 24 de Setembro de 2021


156 Visualizações
Comentários: (
)

Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas. Denuncie comentários ofensivos ou usuários fakes através do formulário de contato.



Av. Assis Brasil, 709 - Bairro Itapagé
Frederico Westphalen RS
CEP 98400-000

Fone: 55 3744 9200
Reitoria | Erechim | Santiago | Santo Ângelo | Cerro Largo | Sao Luiz Gonzaga
URI Campus de Frederico Westphalen © 2021. | Brazero

Utilizamos seus dados para oferecer uma experiência mais relevante ao analisar e personalizar conteúdos e anúncios em nossa plataforma e em serviços de terceiros.

Ao navegar pelo site, você autoriza a URI Frederico Westphalen a coletar estes dados e utiliza-los para estes fins. Consulte nossa Política de Privacidade