Ciência da Computação

1 Apresentação

A Ciência da Computação é uma das áreas que está mais intimamente ligada à sociedade e ao convívio profissional, social e de lazer das pessoas, sendo fundamental seu papel para a qualidade de vida humana. Atualmente sua presença é indispensável para suprir as necessidades do mundo moderno.

O curso de Ciência da Computação da URI busca formar profissionais capacitados para atuar nas mais diversas áreas da Tecnologia da Informação e Comunicação, de acordo com os Referenciais Nacionais para o curso de Ciência da Computação, de forma a atender as exigências locais, regionais e nacionais, considerando não somente o aspecto técnico, mas também os aspectos sociais, humanos, éticos e ambientais. O curso procura associar a teoria à prática objetivando uma aproximação maior do acadêmico com a vida profissional.

Além disso, o curso tem um importante papel na formação de profissionais, uma vez que o constante avanço tecnológico tem feito com que a área de Ciência da Computação apresente atualmente um grande conjunto de promissoras e bem remuneradas profissões, segundo diversas pesquisas e estudos.

Nos anos de 2015 e 2017, o curso de Ciência da Computação foi recomendado pelo Guia do Estudante da Editora Abril como sendo um curso 3 estrelas, e no ano de 2018 obteve a nota 5, conceito máximo na avaliação do MEC.

2 Na URI

O curso de Ciência da Computação da URI conta com um processo educacional comprometido em formar profissionais capacitados para ingressar no mercado de trabalho, através da vivência prática, aliada com a teoria aplicada.


Entre os principais objetivos, o curso busca formar profissionais em computação com perfil técnico-científico, integrados com a realidade sociopolítica, através de uma formação humanística, e conscientes das responsabilidades profissionais para contribuir com o desenvolvimento científico, tecnológico e social do país. Tendo a computação como atividade fim, predominantemente, o curso provê aptidão para contribuir de modo inovador em software e com formação complementar em hardware.


Na URI, os acadêmicos do curso têm ao seu dispor uma moderna infraestrutura de laboratórios para o desenvolvimento das aulas práticas, contribuindo para a construção do conhecimento e possibilitando uma formação de acordo com as diretrizes curriculares nacionais para cursos de Ciência da Computação e com as exigências do mercado de trabalho.


Além disso, o curso procura oportunizar e estimular os acadêmicos a diversas atividades, tais como:

 

  • Participação em eventos nacionais e internacionais como Fórum Internacional de Software Livre, Maratona de Programação e Latinoware;
  • Participação e organização de eventos do curso, como a Jornada de Estudos em Informática e os Cursos de Inverno e Verão da Computação;
  • Possibilidade de bolsas de estudos em projetos de pesquisa e extensão, oportunizando que os alunos possam desenvolver trabalhos em paralelo com as aulas do curso;
  • Possibilidade de estágio na área de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade, oportunizando que os acadêmicos possam ter experiências nas diversas áreas de atuação profissional.



3 Mercado

O mercado na área de TI exige profissionais altamente qualificados. O próprio conceito de qualificação profissional vem se alterando, com a presença cada vez maior de componentes associados às capacidades de coordenar informações, interagir com pessoas e interpretar de maneira dinâmica a realidade. Atualmente, o mercado de trabalho para o bacharel em Ciência da Computação é diversificado, amplo, emergente e crescente. Neste sentido, o profissional pode exercer atividades em:


  • Provedor de infraestrutura, organizando e gerenciando todos os equipamentos nas empresas, quer sejam de TIC ou não;
  • Funcionário de empresas privadas ou públicas prestadoras de serviços na área de TIC;
  • Consultoria e assessoria;
  • Funcionário de empresas de planejamento, projeto, viabilidade econômica e consultoria;
  • Análise, projeto e desenvolvimento, implantação, testes e manutenção de sistemas web, embarcados ou para dispositivos móveis;
  • Gerência de Banco de dados;
  • Gerência de Projetos;
  • Carreira acadêmica (professor, pesquisador) com mestrado e doutorado;
  • Governança de TIC e outros;
  • Auditoria e Perícia, entre outras.

 

Para que o futuro bacharel em Ciência da Computação desenvolva conhecimentos, habilidades e competências necessárias à sua formação profissional, o curso de Ciência da Computação da URI prima pela qualidade de ensino e pela realização de atividades de integração com o mercado de trabalho, tais como: Estágios Curriculares Não-Obrigatórios, Ciclos de Palestras, Semanas Acadêmicas, Viagens de Estudo, participação em Escolas Regionais e participação na Maratona de Programação, entre outros. Além disso, existe uma tradição de organização de cursos de extensão de no mínimo um por semestre, abordando novas tendências e tecnologias. Nessas atividades, os acadêmicos têm a oportunidade de compartilhar experiências com profissionais da área inseridos no mercado de trabalho, sendo que alguns desses profissionais são egressos do curso de Ciência da Computação.


4 Matriz Curricular

Situação do Curso:

Reconhecido pela Portaria Ministerial nº 286/2012 de 21/12/2012, publicada no Diário Oficial da União.


Currículo Pleno:

2017 a... - 10 semestres


Carga Horária Total:

3200 h/a.


Atividades Complementares:

260


Turno:

Noturno


Modalidade:

Bacharel


Vagas Anuais:

35


5 Ingresso

As formas de ingresso nos cursos superiores da URI/FW são


  • Vestibular: processo seletivo promovido pela universidade, com a finalidade de selecionar os candidatos para ingresso nos cursos ofertados, conforme edital;
  •  Transferências Internas e Externas (condicionadas à existência de vaga): ingresso proveniente de transferências de outros cursos da URI ou originário de outras instituições de ensino superior;
  • Enem (regulamentado pela Resolução Nº 2076/CUN/2015, de 29/05/2015): ingresso com base no Exame Nacional do Ensino Médio, obedecendo a seus critérios;
  •  Portador de Diploma de Curso Superior (condicionado à existência de vaga): ingresso para alunos que já possuam graduação, seja ela realizada na URI ou em outra instituição de ensino superior;
  • Reingresso: ingresso para universitários que já realizavam algum curso de graduação, porém o interromperam e agora desejam continuar.


Para facilitar o acesso ao ensino superior, a URI oferece a possibilidade de bolsas


  • CREDIURI (Programa de Crédito Educativo da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões): cobertura de 20%, 25%, 30%, 35%, 40%, 45% ou 50% no formato de financiamento estudantil, conforme edital;
  • PROUNI (Programa Universidade para Todos): ingresso com base no programa ProUni, obedecendo a seus critérios de acesso;
  •  FIES (Programa de Financiamento Estudantil): ingresso com base no programa Fies, obedecendo a seus critérios de acesso.

6 Corpo docente
  • CLICÉRES MACK DAL BIANCO

  • JEAN RICARDO FAVARETTO

  • MARCIA DALLA NORA

  • RENATO DA SILVA

  • RODRIGO DE GÓIS SCHEFFER

  • WILLIAM WIDMAR CADORE

7 Laboratórios
  • Física

    Prédio 10/Sala - 503 - D

  • Redes, Sistemas Paralelos e Distribuídos

    Prédio 07/Sala - 309

  • Computação

    Prédio 07/Sala - 301

  • Informática 303

    Prédio 07/Sala - 303

  • Informática 309

    Prédio 7/Sala 309

  • Tecnologia da Informação

    Prédio 07/Sala - 310

  • Hardware e Eletrônica

    Prédio 07/Sala - 207

  • Computação Gráfica

    Prédio 07/Sala306 – URITec

    Prédio 13/Sala 201 – URITec II

  • Laboratório de Projetos

    Prédio 07/Sala - 303 - B

8 Notícias
9 Contato