Engenharia Elétrica

1 Apresentação

O curso de Engenharia Elétrica proporciona uma formação consistente nos fundamentos técnico-científicos. O desenvolvimento das competências requeridas para atuação ampla dentro dos campos definidos na regulamentação do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA) possibilita a constituição de um perfil inovador e pró-ativo, embasado em conhecimentos científicos, tecnológicos e de gestão, adaptável às crescentes mudanças sociais e evoluções tecnológicas.

2 Na URI

A energia é um bem indispensável para o desenvolvimento de qualquer sociedade. Neste contexto, os profissionais da área da Engenharia Elétrica são indispensáveis, uma vez que a demanda por energia elétrica aumenta com o passar dos anos. Não somente associado à geração, transmissão e distribuição, o profissional da Engenharia Elétrica possui competências para atuar em diversos setores tecnológicos e de desenvolvimento, proporcionando uma ampla área de atuação.


Durante o curso de Engenharia Elétrica na URI/FW o aluno é conectado, desde o primeiro semestre, ao exercício prático da sua profissão. Devido à grade curricular ampla e completa, o Engenheiro Eletricista formado na URI desenvolve competências que vão além da técnica, integrando gestão e planejamento, habilidades e competências que possibilitam desenvolver soluções práticas e eficientes voltadas para as mais diversas áreas de atuação, tanto no setor privado quanto público.


Um aspecto que corrobora para o aperfeiçoamento dos acadêmicos da URI/FW é com relação aos professores que, além das qualificações acadêmicas, possuem ampla experiência prática. Associado à excelente estrutura de laboratório a convergência entre as qualificações e práticas dos professores fazem com que o futuro Engenheiro Eletricista seja desafiado constantemente a desenvolver soluções práticas e eficientes para o mercado de trabalho, proporcionando ao acadêmico uma experiência única de aprendizado e ampla colocação dos egressos no mercado.


Convencido do futuro que a Engenharia Elétrica reserva a você? Oportunidades não faltarão!


3 Mercado

O mercado de trabalho para o Engenheiro Eletricista está e deve se manter em alta nos próximos anos, demandando mão de obra qualificada para atuar na pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias e soluções. Uma consequência natural do aquecimento do mercado em Engenharia Elétrica é a versatilidade deste profissional, que pode atuar nas mais diversas áreas, tais como:


  • desenvolvimento de sistemas inteligentes aplicados à agricultura de precisão, saúde e biomedicina;
  • planejamento e execução de projetos nas áreas eletrotécnica e eletrônica;
  • elaboração de projetos para geração, transmissão e distribuição de energia;
  • subestações e fontes alternativas de energia;
  • direção, controle e fiscalização de serviços ligados à geração;
  • linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica;
  • projetos elétricos residenciais, comerciais e industriais;
  • desenvolvimento de sistemas de controle e automação industrial e residencial;
  • desenvolvimento de sistemas eletrônicos aplicados à robótica;
  • elaboração de projetos associados ao desenvolvimento de veículos elétricos, dentre outros.


Devido a esta versatilidade, reconhece-se o Engenheiro Eletricista como um profissional valorizado e indispensável no futuro. 


4 Matriz Curricular

Situação do Curso:

Autorizado pela Resolução nº 1568/CUN/2011 de 01 de julho de 2011.


Currículo Pleno:

2014 a ... - 10 Semestres


Carga Horária Total:

3720 h/a


Atividades Complementares:

120


Turno:

Noturno/Diurno


Modalidade:

Bacharel


Vagas Anuais:

50


5 Ingresso

As formas de ingresso nos cursos superiores da URI/FW são


  • Vestibular: processo seletivo promovido pela universidade, com a finalidade de selecionar os candidatos para ingresso nos cursos ofertados, conforme edital;
  •  Transferências Internas e Externas (condicionadas à existência de vaga): ingresso proveniente de transferências de outros cursos da URI ou originário de outras instituições de ensino superior;
  • Enem (regulamentado pela Resolução Nº 2076/CUN/2015, de 29/05/2015): ingresso com base no Exame Nacional do Ensino Médio, obedecendo a seus critérios;
  •  Portador de Diploma de Curso Superior (condicionado à existência de vaga): ingresso para alunos que já possuam graduação, seja ela realizada na URI ou em outra instituição de ensino superior;
  • Reingresso: ingresso para universitários que já realizavam algum curso de graduação, porém o interromperam e agora desejam continuar.


Para facilitar o acesso ao ensino superior, a URI oferece a possibilidade de bolsas


  • CREDIURI (Programa de Crédito Educativo da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões): cobertura de 20%, 25%, 30%, 35%, 40%, 45% ou 50% no formato de financiamento estudantil, conforme edital;
  • PROUNI (Programa Universidade para Todos): ingresso com base no programa ProUni, obedecendo a seus critérios de acesso;
  •  FIES (Programa de Financiamento Estudantil): ingresso com base no programa Fies, obedecendo a seus critérios de acesso.

6 Laboratórios
  • Convivência e Estudo

    Prédio 12/Inferior

  • Informática 303

    Prédio 07/Sala - 303

  • Informática 309

    Prédio 7/Sala 309

  • Maquetaria

    Prédio 10/Sala 107D


    Regimento Interno do Laboratório

  • URITec

    Prédio 7/Sala 306

  • Videoconferência

    Prédio 6/Sala 01B

  • Eletrônica

    Prédio 10 - Ao lado da Coordenação

  • Instalações Industriais

    Prédio 10 - Ao lado da Coordenação

  • Acionamento de Máquinas

    Prédio 10 - Ao lado da Coordenação

  • Circuitos Elétricos

    Prédio 10 - Ao lado da Coordenação

7 Notícias
8 Contato